segunda-feira, 29 de junho de 2009

Carfax!

Esse final de semana foi super cheio... brinquei com as crianças, Filmei e fotografei a festa de São João da CAOL.
Mais uma vez comentando que a CAOL (Casa de Apoio Ópera da Ladeira) é a ONG onde sou voluntária ( e um dia serei presidenta como legado) e na qual minha mãe é presidente/ fundadora! Com muito orgulho!
Enfim... gritei, dançei, me diverti, e ...... fiquei sem voz! Aí a preocupação e a responsabilidade bateu na minha porta e disse ..."fica quieta porra"!
Mas quem me conheçe sabe a dificuldade de ficar calada né?
Ianinha falouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu... Mas hoje nem um cigarro coloquei no bico!
Amanhâ eu gravo mais uma sessão do novo cd da Carfax, e espero que o maldito "gogo" dos infernos não venha participar da gravação tb!
Que ouvidinho filho da puta de Marcílio... (nosso técnico) ele ouve um goguinho e para, olha pra mim e faz; repete sem o gogo que fica lindo! kkkkkkkk e tome água... a última gravação foi assim e fui umas 5 vezes pro banheiro com tanta água que tomei!
Hoje, mudando completamente de assunto; me dei conta do pq de ter uma gata e uma cachorra!
Sempre quando eu tinha um dos dois (e não os doissss, óbvio!) sentia falta de algo. Isso não é besteira viu... é assunto sério, digno de estudos! (Quem acreditar nisso é mais dodói que eu!)
Nina (minha gata persa) é a lady da casa, a princesa plebéia... que fica o dia dormindo, se levanta quando quer, fala com vc quando querrr, te lambe, te dá carinho e pede atenção quando QUERrrr! E se sente a sua dona... na verdade MINHA dona! Ela cuida de mim quando eu to ruim, me proteje dos espríto ruimmmm desse mundo!
É sociável mas não distribui sorrisos a todos! Enfim... só não é um objeto de decoração da casa pq tem personalidade demais pra se fazer de invisível (ha não ser quando QUERRRR!).
Maya (minha pastora Suíça, nascida em Água Fria); E quem vier com aquele comentário infame de "eita ela é indiana"? suma já daqui!!!!!!
É a alegria da casa... não tem um dia que ela não esteja bem... sorrindo (é, cachorros tb fazem isso), resmungando quando não recebe atenção, e imediatamente quando nos vê corre e pega os brinquedos (que variam entre os de luxo, comprados na Holanda e os brasileiros... como um pedaço do antigo RODO de borracha)... pronta pra brincar! aiai, nunca se cansa, é impressionante!
Vez em quando durante o dia ela pensa que é uma cigarra eletrônica acionada por movimentos... aí começa a latir muito por causa de um gato que entrou em casa sem ser convidado! Convenhamos que isso é um absurdo, lógico! um bando de mal-educados!
Adora conversar com o jornaleiro que entrega as 4h da manhã nosso jornal... o problema é que, até hoje ela não sabe conversar baixinho!
Conclusão... não posso viver sem o dengo e a calma fofa da minha Nina nem sem a alegria descabida e gostosa da minha Maya!
Isso tudo veio na minha mente pq Nina pediu pra entrar no quarto e ficou a noite inteira me observando! e agora tomou meu lugar na cama com a cabeça deitada literalmente no travesseiro! Como se soubesse que travesseiros servem pra isso!
É a boa inteligência que passa de mãe pra filha!
Acho que fui um gato na outra vida! Humpf!
Bjossssssssssss

8 comentários:

Dyana Barlavento disse...

Ai amiga... acredito seriamente nisso! tu foi uma gata sim na outra vida... mas muito mais "abusada" do que Nina!!!!! E realmente ela sente quando a gente precisa de dengo (experiência própria).
Xero grandão!!!!

jverdi disse...

Oi

Te convido pra conhecer meu Blog e minhas idéias.
Qdo. tiver um tempinho, dá um pulo lá.

http://www.julio-verdi.blogspot.com/


Bjs


Júlio Verdi

Bia Gasperazzo disse...

Amooor ... Adoro ler tudo que escreve ... Gatona ... Hahsuahua =P! Saudade viu?! Te desejo toda sorte do mundo na gravação e no lançamento do segundo CD (to ansiosaaaa)...Mil beijooocas. Té .. Bia =D

kschnneider disse...

desculpe minha ausência
tive uns problemas técnicos...
¬¬"


beeeeijoossss
saudadeeesss

Diego disse...

Tá danado! Voltaste pra casa, pintaste o cabelo de preto, eu preferia o vermelho, mas como não me manifestei no post em que pedias sugestões...

Bem, mas talvez pintar de preto tenha sido um sinal das mudanças trazidas da experiência estrangeira, não falo só por teres estado fora do país, mas também fora de uma órbita em que estavas acostumada.

Li teu post que disseste que estás menos impulsiva e em algumas coisas e passei pra esse dos amigos quadrúpedes, interessante o ponto de vista de Iana observadora.

Mas chega de bancar o psicólogo!

Boas vindas e rock na veia, que eu quero ver vocês no topo e esse CD o melhor possível!

Beijos menina Iana,
Sayonara!!

Ayala disse...

Eita que já faz um tempinho que você não dá uma atualizada no blog, né?

Tá pensando que assoviar e chupar cana é fácil? KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

kschnneider disse...

queria tanto ter algum animal doméstico T__T [ minha mãe morre de medo de tudoo que é animaal affzz ¬¬ ]



muita coisa mesmo
por isso o sumiço =s

e agora tais quase morando no fábrica aí pronto..

hehehehe ^^

quando tiver mais relax
dá um toq ;]

beeijosss. ♥

Dyana Barlavento disse...

Amiga... vc ganhou um selinho lá no meu blog!!!
Passa lá e pega viu!
Ou então espera que eu vou na tua casa e te ensino a botar no blog!
kkkkkkkkkkkkkk
Te amo!!!!!